behind the mask

anjodesaiacurta

  • 3rd February
    2014
  • 03

"Te amar dói, machuca. Me causa dor, angústia. Fico doente, de saudades, de carência, de amor. Te amar me faz mal, um mal que me faz bem."

  • 3rd February
    2014
  • 03

Às vezes é preciso se afastar das pessoas que você ama, mas isso não quer dizer que você os ama menos, às vezes, você os ama ainda mais…

  • 30th January
    2014
  • 30

Pedi pra mãe - me interna, to infeliz pra caralho. Acontece que esses dias estão torturosos e eu não desejo levantar-me daqui, a poltrona já adquiriu o formato do meu quadril e a TV me dá o entreternimento necessário para continuar trancafiada aqui. Sossego é o que eu quero. Desde que ele fora embora, eu ouço versos que me falam sobre amores arruinados, o coração já não bate, esquecera completamente o tal do tum-tum-tum. Será que o coração bate assim? Há algum tempo que não sei como ele reage, porque toda aquela ideologia de que é possível viver sozinho? Pois é. Acreditava nisso piamente porque ele estava ao meu lado, agora que se foi, tudo é cinza. E eu chorei um oceano inteiro essa noite. Eu precisava esvaziar. Porra, eu preciso ser internada.

  • 22nd January
    2014
  • 22

Para muita gente, o amor é uma moeda de duas faces. Pode fortalecer ou enfraquecer, expandir ou encolher, enriquecer ou empobrecer. Quando o amor é correspondido, nós florecemos. Somos levados a alturas jamais vistas, onde ele nos delicia, revigora e embeleza. Quando o amor é tolhido, nós nos sentimos aleijados, desconsolados e deprimidos. Eu sempre amei e sempre vou amar você. Nada na Terra ou nos céus pode mudar esse fato. Se você polir a moeda, vai enxergar apenas o amor correspondido dos dois lados. Fui destinada a amar você e serei sua para sempre.

  • 19th January
    2014
  • 19
Não tenho muita certeza de como me sentir quanto a isso. Algo no seu jeito de se mexer faz com que eu acredite não ser possível viver sem você. Isso me leva do começo ao fim. Quero que você fique!
  • 14th March
    2012
  • 14

Vai ser complicado, porém divertido. Vamos brigar por quase tudo, porque adoramos irritar um ao outro. Você vai querer ver um filme de terror e eu vou dizer que quero ver romance, só para contrariar, e quando você disser “tudo bem então”, eu vou dar uma gargalhada e cantarolar “brincadeirinha, bobo”. Você vai deixar a toalha molhada em cima da cama e quando eu ver, vou gritar seu nome. Quando você chegar no quarto, vou te dar um sermão, você vai rir e eu vou brincar de te bater com ela. A maior parte do guarda-roupa será minha, e se você discordar, te faço comprar um só pra mim, ou construir um closed, é, boa idéia. Vou inventar uma dieta radical, e você chegará do trabalho com uma caixa de bombom e um pote de sorvete, vou querer te matar, mas acabaremos, os dois, sentados no sofá com uma colher na mão e com a boca lambuzada. Vamos brigar pelo lado direito da cama, e discutiremos sobre quem é melhor jogando dama, sem sucesso, porque eu sei que eu nunca vou te superar. Você começará a me contar sobre as suas ex-namoradas e a elogiá-las pra caramba, e quando conseguir me tirar do sério, vai me pegar no colo e me jogar na cama, me enchendo de cócegas e dizendo que fico linda com ciúmes. Teremos pelo menos uns 3 filhos, que obviamente vão ser super mimados por você, o que causará mais discórdia ainda. Você e as crianças entrarão com os pés sujos de lama dentro de casa, me fazendo surtar e abrir um sorriso logo depois, ao ver uma flor na mão de cada um. No supermercado, você vai encher o carrinho de besteira, enquanto eu tento convence-lo de levar coisas um pouco mais saudáveis. Vou fazer a sua comida favorita, mas não vou deixar que você diga que não gosta de algo sem nunca ter provado. Vamos brigar, dormir de costas um para o outro, e no meio da noite, vou sentir sua mão procurando a minha e vou te abraçar para nunca mais soltar. Seremos eu e você, pra sempre, independente de qualquer outra coisa.

  • 13th March
    2012
  • 13
Mas é você, sempre vai ser você. Sempre vai ser a sua voz, o seu jeito, os seus efeitos. Sempre vai ser aquela música que faz todo o sentido quando lembro de você, sempre vai ser seu comportamento infantil ou adulto demais. Seus gostos, suas manias, suas carências. Sua birra, seu jeito teimoso e incontrolável. Sua implicância, sua arrogância e seu orgulho. Sempre vai ser essa sua mania de tentar fugir do mundo, seu ciúme, sua falta de compreensão. Sempre vão ser os seus erros, seus acertos. Sempre, sempre. Quando eu acordar e querer me esconder de tudo ou quando eu for dormir e só conseguir pensar em você. Sempre. Mesmo que dê tudo errado, que as coisas mudem, que o tempo passe. Sempre. Eu sempre vou ter aquela necessidade maior por você do que por qualquer outra pessoa, sempre vou sentir sua falta mais do que eu pensei que fosse possível sentir de alguém um dia. Sempre vou querer mais você, pedir mais você. Sempre vou fazer birra e cara feia dizendo que não te quero mais e vou pedir baixinho teus braços. Sempre. Mesmo que as coisas saiam da forma contrária que esperamos. Eu sempre vou querer seu abraço, seu beijo, seu cheiro. Não importa o quanto as coisas estejam difíceis. Sempre vai ser você que deixará tudo melhor, mesmo quando parecer impossível. Sempre vai ser eu e você, nós. Mesmo depois das brigas, dos medos, da falta. Sempre. No final a gente sempre se acerta, sempre se ajeita. Porque foi você, é você, será você. Nós, juntos. E ninguém no mundo pode mudar isso.
Rafaela Marques (via 20dezembro)

(Source: profunda, via nitsover)

  • 1st February
    2012
  • 01
  • 4th January
    2012
  • 04


Há certas horas, em que não precisamos de um amor, não precisamos da paixão desmedida, não queremos beijo na boca e nem corpos a se encontrar na maciez de uma cama. Há certas horas, que só queremos a mão no ombro, o abraço apertado ou mesmo o estar ali, quietinho, ao lado… Sem nada dizer. Há certas horas, quando sentimos que estamos pra chorar, que desejamos uma presença amiga, a nos ouvir paciente, a brincar com a gente, a nos fazer sorrir. Alguém que ria de nossas piadas  sem graça., que ache nossas tristezas as maiores do mundo, que nos  teça elogios sem fim e que apesar de todas essas mentiras úteis, nos  seja de uma sinceridade inquestionável. Que nos mande calar a boca ou nos evite um gesto impensado.Alguém  que nos possa dizer: -Acho que você está errado, mas estou do seu  lado…Ou alguém que apenas diga: -Sou seu amor! E estou Aqui!

(William Shakespeare)

Há certas horas, em que não precisamos de um amor, não precisamos da paixão desmedida, não queremos beijo na boca e nem corpos a se encontrar na maciez de uma cama. Há certas horas, que só queremos a mão no ombro, o abraço apertado ou mesmo o estar ali, quietinho, ao lado… Sem nada dizer. Há certas horas, quando sentimos que estamos pra chorar, que desejamos uma presença amiga, a nos ouvir paciente, a brincar com a gente, a nos fazer sorrir. Alguém que ria de nossas piadas sem graça., que ache nossas tristezas as maiores do mundo, que nos teça elogios sem fim e que apesar de todas essas mentiras úteis, nos seja de uma sinceridade inquestionável. Que nos mande calar a boca ou nos evite um gesto impensado.Alguém que nos possa dizer: -Acho que você está errado, mas estou do seu lado…Ou alguém que apenas diga: -Sou seu amor! E estou Aqui!

(William Shakespeare)

  • 4th January
    2012
  • 04